Editorial: Um olhar Otimista

Virgílio Villefort
Presidente da ABAAS

“Um pessimista vê dificuldade em cada oportunidade; já o otimista vê oportunidade em cada dificuldade”. Esta frase, dita por Winston Churchill, Primeiro-Ministro da Grã-Bretanha durante os anos 1940, mostra como funciona a natureza humana. Nós, da ABAAS (Associação Brasileira dos Atacadistas de Autosserviço), que registra um sólido crescimento em nossas atividades nos últimos anos, somos representantes deste otimismo definido por Churchill. Enquanto muitos segmentos da economia ficavam paralisados pelas dificuldades econômicas que reinaram no cenário brasileiro até o final do ano passado, o Atacado de Autosserviço viveu uma grande expansão. O resultado foi um crescimento de 12,8% em 2018 e de 16% em 2019, além de uma penetração de mercado que subiu de 25% em 2011 para os atuais 63%.

Apesar dessa aparente euforia, nosso objetivo é crescer com responsabilidade e qualidade. Sabemos que nosso modelo de negócios é a razão de nosso sucesso. O controle de custos é a principal razão pela qual
temos condições de oferecer preços mais baratos aos consumidores. Por isso, temos de nos manter fiéis a essa fórmula. Trata-se de um mercado atraente, que chamou a atenção até de empresários de outros segmentos. Mas, nesse setor, só vai sobreviver quem tiver de fato a cultura do atacado. E isso, entre os associados da ABAAS, há de sobra. Entre nossos integrantes, existem nomes cuja tradição supera a marca de 50 anos de história. Ao contrário do que muitos acham, não é fácil fidelizar clientes do atacado. Esta capacidade só se obtém com muita experiência e conhecimento.

Outra característica única do Atacarejo é a parceria com nossos fornecedores. Uma de nossas prioridades é nos aproximar cada vez mais com a indústria. Reconhecer aqueles parceiros que melhor trabalham o nosso canal de vender e utilizá-los como paradigma para outras indústrias, que podem compartilhar experiências resultantes de melhores práticas.

Como é possível ver na reportagem “A retomada é para valer”, acreditamos no reaquecimento da economia nacional. Agora, é o momento de arregaçar as mangas. Pois o verdadeiro trabalho começa agora, com o
país entrando nos trilhos, especialmente após a aprovação da reforma da Previdência e a expectativa em torno da Reforma Tributária.

Fonte: Revista ABAAS nº 9 | Outubro de 2019
Clique aqui para ver a edição completa.

Entre em contato